Categoriespartículas das viagens

Viajando…Veneza.

Veneza.
Fácil pensarmos em monumentos, água, multidões, sentimentos, sensações, romance, filmes.
Mas Veneza é muito mais. 
Veneza é a História de cada um que passa por ela.
Veneza tem o que mais nenhuma cidade no mundo tem.
O mistério, o volume de ambientes, os palácios que se abrem na noite e deixam entrar todos aqueles que se despem de conceitos e deixam-se ir…
Veneza é também a multidão. 
O turismo.
Os conflitos entre quem sempre fica e aqueles que um dia partem.
Veneza são as cores e a falta delas.
Veneza é a máscara do sonho perdido por meninos apaixonados.
Categoriespartículas das viagens partículas dos dias

Whats on your bucket list…Mais um novo espaço

Amanhã vamos ter uma nova rubrica no etherlive71.

Será um enorme prazer receber a Cláudia Mourato, que nos vai fazer companhia, regularmente, com as suas ideias de viagens lifestyle e outros projectos. Apontem, fixem e nunca percam.

Deixo aqui uma breve apresentação sua,

A Xiringuita, é a Cláudia Mourato, a mentora do projecto Xiringuita Guest House e Xiringuita Lifestyle. Com formação inicial em Engenharia Zootécnica pela Universidade de Évora rapidamente tive vontade de aprofundar conhecimentos em investigação e inovação no sector agro-alimentar, tendo-me dedicado à área de biotecnologia, controlo de qualidade e inovação alimentar. Alimentação saudável, ingredientes alternativos, produtos sazonais e orgânicos, novas experiências sensoriais desde cedo fizeram parte do meu estilo de vida activo. Apaixonada por desporto, natureza, animais, vida saudável, viagens, decoração, moda e fotografia, adoro desafiar-me constantemente com novas experiências. Sou daquelas pessoas que, se pudesse, passava a vida a viajar!!! Be Happy. Be Bright. Be You!

E eu digo, Bem-vinda Cláudia. 

Be Et(h)er. Be T(h)ere.

Categoriespartículas das viagens

As férias… Por Sofia Sande… E com Desconto!!!

E hoje vamos falar de viagens.
O Verão, esperamos que sim, está à porta e chega o momento de preparar as merecidas férias.
E que férias escolher?
Que destino?
As mesmas dúvidas surgem sempre todos os anos. Os desejos que se sobrepõem às possibilidades e as possibilidades que se envergonham com os desejos.
Mas existe sempre uma solução para cada caso.
Por isso mesmo, o Et(h)er dos dias desafiou-me a fazer uma breve apresentação de destinos que estão mais em voga por estes dias, ou melhor, por este verão.
O meu nome é Sofia Sande, sou consultora de viagens, e leiam até ao fim, pois quem quiser fazer uma consulta personalizada e até uma reserva, basta me contactar (ver fim do texto), e referirem que leram este artigo no Et(h)er dos Dias e terão direito a um desconto…a não perder.
Mas vamos aos destinos:
O Top 10 dos destinos mais vendidos em Portugal:
1. Caraíbas – República Dominicana; México; Cuba – os preços vão desde 890 €
2. Ilhas Espanholas – desde 500 €
3. Saidia – desde 600 €
4. Tunísia – desde 600 €
5. Escapadinhas Europeias
6. Cruzeiros Mediterrâneo
7. Tailândia – desde 1100 €
8. Indonésia – desde 1100 €
9. Maldivas – desde 1500 €
10. Maurícias – desde 1500 €
Claro que estes valores variam consoante as datas, a antecedência com que se marca (fundamental), os Hotéis e o regime escolhido.
Fica aqui um truque para apanhar os melhores preços, em especial quando existem charters no programa…Antecedência. Já sabe…Não deixe para amanhã o que pode “marcar” já hoje… 😉
Aliás, este ano, os portugueses começaram a marcar férias mais cedo… talvez para fugirem ao inverno demorado por estas bandas?… Não. Apenas porque já se aperceberam das vantagens da Antecedência.
Mas quem ainda não marcou, ainda pode conseguir bons preços. E com um desconto. Basta me contactarem,
Sofia Sande – 912 341 405
Mail: sofia.sande@multidestinos.pt
Facebook: https://m.facebook.com/sofiaconsultoradeviagens/
E Muito Importante: Digam que leram este artigo no Et(h)er dos Dias.
Algo importante a reter: sempre que a viagem seja fora da Europa, nunca saia do Hotel com o passaporte. Deixe-o no cofre do Hotel. Leve antes uma cópia.
Caraíbas e países do outro lado do oceano… não esquecer o adaptador.
Então, espero ter ajudado já com algumas dicas.

Categoriespart(í)culas li(t)erárias partículas das viagens

O gato de Biarritz, pelo et(h)eriano Rui Azeredo

Algures no início deste século (ou milénio, se preferirem) encontrámos em Biarritz este gato, tal como o veem, e estragámos-lhe o dia. Foi sem querer, naturalmente, mas aconteceu mesmo. Aninhado no algodão fofo da montra da loja, entre brinquedos com os quais tão bem combinava, protegeu-se do frio de um dia de sol de inverno e acolheu de bom grado o calor que emanava do vidro. Encaixado entre o cão de madeira, o avião, os trenós, o peluche e as flores, o Gato de Biarritz parecia ele próprio um elemento decorativo. De tal forma que, entrando na loja, comentámos com o dono da loja que “le chat” ficava muito bem na montra. “Gato? Que gato?”, questionou o homem, típico dono de loja requintada de antiguidades, ou pelo menos tal como os imagino, com o seu lenço ao pescoço. Correu para a montra e enxotou prontamente o gato que, percebi então, era simplesmente um invasor. Desolados, e com a lição aprendida, saímos para a rua, onde nos cruzámos com o gato, que nos ignorou, nem sequer bufando, como era merecido. Fomos embora, na esperança de que ele ocupasse outra montra. Dado que, apesar do seu ar sonolento e passivo, nos pareceu um gato bem tratado, convenci-me de que ele iria encontrar outro pouso, de preferência onde não viesse um idiota estragar-lhe o descanso.

História verdadeira tanto quanto a memória me permite.

Categoriespartículas das viagens partículas dos dias

Xiringuita… um Lifestyle que nos deixa diferentes…

edf
 
Claudia Sofia Mourato abriu a porta da Xiringuita, um alojamento local incrível na Figueira da Foz. Estamos num dia fabuloso, com uma luz fantástica e cobertos por um azul único deste céu que nos abraça.


O local escolhido para a conversa foi junto à piscina, afinal que melhor local para conversarmos sobre a Xiringuita, o alojamento e as viagens…em especial a Bali.
edf
De facto Bali é algo magico para a Claudia. Esta jovem empreendedora tem um sorriso rasgado sempre que fala das suas experiências naquela ilha remota na Asia.

This slideshow requires JavaScript.


Assim como quando fala das pessoas de um mundo repleto de culturas, que a visitam na Xiringuita. Ou mesmo dos Workshops, dos encontros que promove, sobre Lifestyle, na sua casa.
cof
O sorriso fácil, a conversa solta e as ideias desprendidas, são o cunho da Claudia.

Mas mais que palavras, essas podem escutar no Podcast já publicado em Castbox e Itunes, vejam as fotos.



Descubram mais em,
https://www.facebook.com/xiringuita.gh/
 
Grato e até breve…
 

Categoriespartículas das viagens

Lifestyle incrível no Podcast com Xiringuita…

https://castbox.fm/app/castbox/player/id1167672/id78406115?v=4.0.11
O novo Podcast do Et(h)er dos Dias já está disponível…uma conversa incrível sobre Lifestyle, sobre alojamento Local incrível que é a Xiringuita, viagens e sobre…Bali…
Ouçam e partilhem.
E leima logo de seguida a reportagem fotográfica sobre a Xiringuita que vai ser publicada aqui mesmo no Et(h)er dos Dias.

Categoriespartículas das viagens

Viajar…

Uma viagem.
Olha-se a estrada, traça-se o percurso, estima-se o tempo, prepara-se a mala, enche-se o carro e…vai-se…vai-se com sorriso nos lábios, o corpo renovado, a alma inspirada.
Assim são as férias. Aquele momento em que se soltam amarras ao tempo, aos relógios e despertadores, aos horários e compromissos, até se esquecem as responsabilidades…e nos entregamos ao lazer, ao tempo com tempo, à abstração do calendário…Lemos o livro que há muito ganhava pó na cabeceira, fazemos noitadas como se o amanhã não existisse, conversamos com os amigos e fazemos novos amigos, rimos, dormimos, corremos sem cronômetros, tomamos aquele banho que já apetecia, não adiamos as ilusões ou os sonhos.
Porque viajamos. Mesmo que seja pelo país, pela região ou até pela cidade…mas viajamos.
Ou apanhamos o avião e vamos. Até o horizonte deixar de ter limite, onde o panfleto nos deixou sonhar ou a promoção nos fez voar. Vamos de mala cheia ou com uma pequena mochila nas costas…preparamos o passaporte, fazemos coleção de carimbos, partilhamos fotos e selfies de locais únicos, sempre com um sorriso de fazer brilhar o olhar. E o instagram, o Facebook, os likes e os comentários, as mensagens privadas a perguntar:” Onde andas tu?” , e até as buscas no Google para percebermos onde alguém afinal está…
Depois regressamos. Voltamos e arrumamos. Organizamos as fotos e os ímans do frigorífico. Contamos muitas histórias, chamamos amigos para lhes mostrarmos onde andámos. E ficamos com a sensação de peito insuflado com ar novo. Mas de efémero também. Passou tudo tão depressa. Amanhã já tenho de regressar. Estava bem a ir de novo.
Mas tudo fica na memória…até à próxima viagem.

Categoriespart(í)culas li(t)erárias partículas das viagens

Gonçalo Cadilhe em conversa com o Et(h)er. Parte 1. Os Livros.

Antes de ler, ou depois, ouça o podcast em
http://castbox.fm/app/castbox/player/id1167672/id73877100?v=3.2.29O
Et(h)er esteve em directo com Gonçalo Cadilhe. Falamos de viagens, de literatura, e do que pensa e sente sobre estas matérias.
Gonçalo Cadilhe nasceu a 24 de maio de 1968, na Figueira da Foz.
Profissão: Viajante e jornalista.
Tem vários livros publicados, como Planisfério Pessoal, A Lua pode esperar, África Acima, Nos passos de Magalhães.Escreve para vários jornais, com muitos artigos que tem marcado muito o imaginário de todos. Sempre com uma componente historicamente bem sustentada, aliás mais uma das suas afeições.
Surfista de paixão, chega mesmo a referir que onde há uma boa onda, há um destino a conhecer.
Têm sido imensos os projectos em que o Gonçalo tem estado envolvido. Exemplo disso, em 2014, lança-se com o Um Dia na Terra – Fotografias do Quotidiano do Planeta. Falamos de mais de 200 fotografias recolhidas por mais de 50 países.
O Et(h)er encontrou-se com o Gonçalo num dos seus locais preferidos, na Figueira da Foz. Bem junto à marina da cidade, com um clima ameno, uma pequena brisa e o silencio do rio ali mesmo ao lado.
Começamos por perceber, através de uma frase sua retirada de uma das muitas entrevistas que deu, “A minha vida é sempre uma viagem, uma liberdade”, o que o Gonçalo achava sobre a ideia de a Vida ser de facto uma viagem.
Foi desde logo engraçado, porque o Gonçalo já não se recordava da frase, referindo mesmo, “tenho é de contextualizar a época, porque eu já falo de épocas, pois já começo a falar em termos de décadas…
Relativamente à questão, de facto a vida é uma viagem, sendo mesmo uma ideia “transversal a toda a humanidade”. Fazendo uma ligação entre as várias culturas ancestrais, Egípcios ou Incas (ex.), até aos nossos dias. “A vida não é para os nómadas, mas para os viajantes” conclui.
Sobre os livros, recuperamos uma frase de Santo Agostinho, “O mundo é um livro, quem nunca viaja nunca saiu da primeira página” para perguntar o que achava sobre a importância de um autor viajar para conseguir um maior grau de realismo da própria historia. Isto mesmo comparado com o que se consegue viajar nos dias de hoje, através da internet. O Gonçalo fala-nos de um dos livros mais interessantes sobre viagens, escrito por Italo Calvino, “Cidades Invisíveis”, que “me provoca um delírio de pegar na mochila às costas e ir descobrir aqueles lugares”, mesmo sendo um livro que foi escrito sem nunca sair do seu lugar. Destacou o facto de todos os lugares descritos no livro são da imaginação do autor. “Acho que provavelmente um escritor hoje em dia, quando já foi escrito tanta coisa, precisa muito de se fundamentar muito bem”, a ideia que fica.
E a relação com os povos, com as civilizações, ajudou a enriquecer os livros do Gonçalo? “No meu caso, não tenho outra hipótese, o meu género é literatura de viagens, tenho de fazer viagens”.
Sobre a literatura de viagens, agora que existem muitos blogs, as pessoas continuam a preferir mais os livros? A confiança no autor?… Aqui o Gonçalo foi pragmático e realista, “O género tem pouco mercado em Portugal. Apesar de termos sido os que inventamos esse género através da Peregrinação” …” Mas as variedades de redes sociais, televisões, está a levar as pessoas a abandonarem livros, e na literatura de viagens sente-se mais a quebra e a falta de mercado. A discussão em redor de um género que precisa de leitores, mas onde estes andam mais distraídos em internets.”
O Gonçalo Cadilhe tem vários livros editados, da qual deixamos uma lista completa. Se quiserem saber mais sobre esta conversa, vão ao Podcast do Et(h)er dos Dias (ver endereço no cimo do artigo), quer em Castbox, quer em Itunes, onde está já a primeira parte desta entrevista. A segunda sairá no próximo mês e será sobre viagens.
      Mais recente,
    O Esplendor do Mundo(2017)

  • Nos passos de Santo António : uma viagem medieval(2016)
  • O mundo é fácil : aprenda a viajar com Gonçalo Cadilhe(2015)
  • Um dia na Terra : fotografias do quotidiano do planeta(2014)
  • Passagem para o horizonte(2014)
  • Um lugar dentro de nós(2012)
  • Encontros Marcados(2011)
  • O Mundo é Fácil(2010)
  • Um km de Cada Vez(2009)
  • Tournée(2008)
  • Nos Passos de Magalhães(2008)
  • África Acima(2007)
  • A Lua Pode Esperar(2006)
  • No princípio estava o mar: surf, viagens e outras inquietudes(2005)
  • Planisfério Pessoal(2005)

Este texto é escrito não respeitando o acordo ortográfico.

Todas as fotos deste artigo são retiradas do site oficial de Gonçalo Cadilhe.